Amamentação: momento de doação, um ato de amor

amamentacao-ato-de-amor

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o aleitamento materno traz inúmeros benefícios tanto para o bebê quanto para a mãe. Além de prevenir diversas doenças alérgicas, digestivas, crônicas como osteoporose, desnutrição, diabetes melitus e alguns tipos de câncer, ainda contribui para o melhor de todos os remédios que pode existir: promove e fortalece o vínculo mamãe e bebê, pois esse ato supre necessidades emocionais e ainda diminui a ansiedade de ambos.

Muita leitura e informação são necessárias para tirar todas as dúvidas e receios das mamães. As dificuldades são normais no começo, mas com a prática e muita paciência se torna um momento muito agradável e emocionante.

Vale lembrar que além de todos os benefícios que o leite materno oferece ainda é de graça e os leites de fórmulas, que a primeiro momento podem parecer práticos, são bem caros.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o governo brasileiro recomendam a amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses de vida das crianças, e a manutenção do leite materno na alimentação até 2 anos de idade ou até mais.

Para mais informações sobre o aleitamento materno visite o site da Sociedade Brasileira de Pediatria e acompanhe tudo o que aconteceu na XXV Semana Mundial da Amamentação, uma iniciativa da Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (Waba, a sigla em inglês), que acontece em mais de 150 países.

Nesses dois vídeos você tira algumas dúvidas sobre os benefícios, vantagens, como amamentar, cuidados na hora de amamentar, posições mais indicadas, mitos e verdades, como o leite é produzido, inúmeras dicas, como por exemplo, o que fazer se o leite empedrar, e muito mais. Acompanhe!

Aprendendo com as mães parte 1/2

Aprendendo com as mães parte 2/2

CAVI - Casa de Apoio à Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *