Mulheres que sabem voar

“Desde muito cedo, ela aprendeu a batalhar pelo o que desejava. Quando os meninos diziam que não podia jogar futebol com eles, ela provava que podia ser a melhor jogadora. Quando os chefes decidiam promover homens em vez dela, ela provava ser a melhor funcionária. Desejava voar com os pássaros, chegando longe e atingindo o topo. Nada prenderia seus pés ao chão.”

Marina Farias

Só de se pensar no espaço que as mulheres vêm conquistando nos dias atuais, seja no mercado de trabalho, nos relacionamentos, nos vínculos de amizade, dentro e fora de casa (onde quer que estejam!) já é motivo para celebrarmos. Depois de tanto sofrerem, histórica e culturalmente, o coletivo feminino vem ganhando cada vez mais notoriedade e deixando seu marco no mundo contemporâneo.

Diante de séculos de submissão, hoje, lutando dignamente, elas vêm se empoderando e conseguindo o respeito que sempre mereceram. Atualmente, a data é reconhecida internacionalmente pela ONU com a finalidade de lembrar todas as conquistas políticas, econômicas e sociais das mulheres, independentemente de religião, etnia, orientação sexual, etc.

E é com muita alegria que também celebramos este dia tão especial. Nós, do Educandário Eurípedes, nos posicionamos contra todo tipo de violência de gênero e a favor da igualdade de direitos, acessos e oportunidades.

Parabenizamos a todas as mulheres que fazem a diferença no nosso dia a dia!

Equipe CEAK Educandário Eurípedes

Feliz Dia das Mães!

Ó Mãe, neste teu dia, que o sorriso
te enfeite o rosto e alegre o teu semblante,
que inda uma vez – mais uma inda é preciso!
ao teu amor teu filho se acalante.

Deixa cair, ó mãe, sobre o teu filho,
a luz bondosa que te habita os olhos
e a tua mão lhe pousa sobre a fronte!
Do livro “Mulher e Mãe uma homenagem”, de Therezinha Oliveira (No Dia das Mães).

Uma homenagem do Educandário Eurípedes/Creche Mãe Luiza neste especial Dia das Mães! ❤️💖

Mensagem Virtual 1: Foi Necessário

A partir de hoje vamos postar alguns textos e propor algumas atividades para nossa interação (de casa).

Leia o texto e as mensagens que vamos postar e comente, diga o que você achou, se gostou, o que tem de mais relevante. Você também pode sugerir outros textos para nossas próximas interações. Deixe o seu comentário! Participe! Vamos interagir!

A pergunta de hoje é: o que você está aprendendo com tudo isso que está acontecendo e o que você vai fazer diferente daqui para frente?

Leia o texto de Augusto Cury: 

FOI NECESSÁRIO

Foi necessário um vírus para desacelerar o planeta. E ele veio por uma bofetada na nossa cara
Foi necessário um vírus para olharmos com cuidado, zelo e percebermos a fragilidade dos nossos idosos
Foi necessário um vírus para os pais ficarem com seus filhos e não atribuírem essa responsabilidade aos avós
Foi necessário um vírus para lembrarmos de conversar com Deus, pois isso andava meio fora de moda
Foi necessário um vírus para fazer a gente rezar, para fazermos orações para o mundo e não só para nós
Foi necessário um vírus para voltarmos a ter fé
Foi necessário um vírus para mostrar que classe social, raça, crença, orientação sexual não tem diferença diante de uma epidemia
O vírus fez a gente perceber que somos um, que o individualismo não resolve nada, que precisamos de todos
O vírus deu uma trégua na polaridade, afinal estamos todos no mesmo barco, olhando na mesma direção
O vírus nos privou do abraço para percebermos o quanto ele é valioso
O vírus fez a gente perceber o quanto nossas mãos precisam ser higienizadas e que com esse hábito evitaríamos muitas doenças
O vírus desacelerou até o consumismo, pois as pessoas não vão sair por aí comprando, comprando e comprando! Sairemos de casa para comprar apenas o necessário.
O vírus fez cair os pedidos de fast-foof delivery pois percebemos que cozinhar para nossa família é a forma mais segura de alimentá-los. ( isso andava meio fora de moda)
O vírus veio nos mostrar que o ar pode ficar mais puro com a diminuição de carros circulando, e mostrar que as pessoas podem caminhar mais. (estão evitando o transporte público)
O vírus veio nos ensinar a agradecer todos os dias por estarmos saudáveis
O vírus veio nos lembrar o quanto a vida é frágil e que precisamos cuidar do nosso corpo e da nossa alma
O vírus veio nos mostrar que não devemos subestimar as coisas pequenas. Afinal, ele é tão pequeno, invisível aos olhos e está mudando o comportamento do mundo
Foi necessário um vírus para a gente acordar
E aquele tempo que sempre dizíamos que não tínhamos? Então, o vírus nos mostrou que ele existe.

Augusto Cury

Comente também pelas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos

facebook.com/educandarioeuripedes