Sem ARte sufoca

Bom dia, boa tarde, boa noite! Espero que todos estejam bem!

Vamos a nossa indicação do blog?

Hoje a dica é visitar a exposição “Criar, Fazer, Viver”,  que leva um  repertório visual de diferentes regiões do Brasil ao Sesi Amoreiras.
Então, já vai se arrumar pra entrar nessa imersão gratuita! Vamos lá?

O teatro do Sesi Amoreiras recebe, a partir do dia 17 de dezembro, a exposição “Criar, Fazer, Viver”, que traz para o Espaço Galeria 53 obras de arte indígena, peças da cultura caipira e cabocla, e de tradições de matrizes africanas.

O público poderá conferir a mostra até dia 19 de fevereiro de 2022, de terça a sábado. A entrada é gratuita, mas é necessário realizar agendamento prévio de visitas pelo sistema Meu Sesi.

“Criar, Fazer, Viver” é uma oportunidade de ampliar o acesso do público à cultura popular e ao repertório visual tradicional de regiões distintas do país. Os bens culturais expostos – em tela, papel, barro ou madeira – documentam poéticas das mais variadas, confirmando a diversidade de referências e a potência instintiva do povo brasileiro”, ressalta a curadora da exposição, Vera Cardim.

As criações fazem parte do acervo do Museu das Culturas Brasileiras, pertencente ao Departamento de Museus da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo, instituição referência em pesquisa e difusão do patrimônio cultural, material e imaterial, do povo brasileiro.

Destaque para o módulo que apresenta objetos do universo dos povos indígenas do norte do Pará e do Amapá Wajãpi, Tiriyó, Aparaí, Wayama, Palikur e Galibi Marworno, em especial três bonecas Karajá da região do Araguaia, no estado do Mato Grosso, coletadas na década de 1960 pelo pesquisador e escritor José Mauro de Vasconcelos.

Outro destaque são as obras de nomes reconhecidos no mercado das artes, como os pernambucanos Mestre Galdino e Mestre Vitalino, nomes fundamentais para a história da arte popular brasileira, e o mineiro José Valentim Rosa, com seus trabalhos em madeira, além de Maria Lira e Ulisses, com suas peças de cerâmica. Estão expostas também duas obras de Zé do Chalé, descendente do povo indígena Xocó, em Sergipe, as inconfundíveis máscaras de Ciça, e as cerâmicas da Mestra Irinéia, reconhecida em 2005 como patrimônio vivo no estado de Alagoas e de Juazeiro do Norte, no Ceará. Dois artistas paulistas também marcam presença na mostra: de Assis, Ranchinho, com suas pinturas, e de Araraquara, esculturas de madeira de Mestre Dito. “Este último, pouco conhecido e não citado no mundo do mercado de arte, foi incluído na exposição como uma ilustração dos limites entre o reconhecimento público e a quase marginalização em que o artista popular muitas vezes se encontra”, comenta a curadora.

Para mais informações da Exposição “Criar, Fazer, Viver”

WhatsApp (19) 99642-1499 ou (19) 3772-4100

Espero que estejam bem!

Até a próxima!

Nome do evento: Atividade Virtual 02 CCII –  Sem ARte sufoca

Responsáveis: Adrielli Melges / Equipe CCII – Educandário Eurípedes

Vença!

Um novo ano se inicia e agora é o momento de agir.

Viva, sorria, curta cada momento aproveitando o tempo.

Acredite em você, desafie se, permita-se e creia.

Creia que esse ano será um ano de coisas boas de vitorias de tantos, sentimentos, sensações… amor, paz, harmonia, alegria… sossego

Depois de tantos conflitos, finalmente que haja amor compaixão e paz entre todas as pessoas do mundo.

Suas qualidades farão a diferença e juntos potencializaremos suas habilidades e alcançaremos voos altos.

O Centro de Convivência vem com novidades, novos desafios, levando em conta o fortalecimento, o convívio, dando voz e vez a vocês educandos e famílias cada dia trabalhando em um só proposito, que vocês alcancem voos.

Então acreditamos que teremos um ano cheio de luz e que vocês acreditem em suas habilidades e te ajudamos a potencializar seus alvos!

Bem-vindo 2022!!!

CCII CEAK Educandário Eurípedes – Valquíria Santos – Coordenadora Pedagógica

Projeto Mãos na Massa – Inscrições Abertas

O projeto “Mãos na Massa” está com inscrições abertas para a turma de 2022! Para fazer sua inscrição CLIQUE AQUI! As inscrição vão até 28 de fevereiro. Vagas limitadas!

O curso é gratuito e voltado para adolescentes da cidade de Campinas, na faixa etária 14 a 17 anos. São duas turmas:

  • (MANHÃ) – Quarta e Sexta das 8h30 às 11h30 (Previsão INÍCIO Abril/2022)
  • (TARDE) – Quarta e Sexta das 14h às 17h (Previsão INÍCIO Abril/2022)

O Projeto Mãos na Massa tem por objetivo:

# Capacitar adolescentes e jovens na perspectiva da educação para e pelo trabalho, com competências de leitura de mundo, protagonismo e empreendedorismo desenvolvidas, para uma inserção diferenciada no mercado de trabalho;

# Desenvolver competências básicas que permitam o apoio à fabricação de pães, bolos e similares, utilizando equipamentos em conformidade com normas e legislações sanitárias, ambientais, de segurança no trabalho e da qualidade, possibilitando a formação de um futuro profissional consciente, competente e qualificado.

Mais sobre o Projeto CLIQUE AQUI!

Dúvidas: iniciacaoprofissional.ee@ceak.org.br ou (19) 2514.8741 (WhatsApp)

ATENÇÃO: As vagas são limitadas!

Uma nova página…

Sempre que nos aproximamos de uma nova etapa é muito comum repensarmos sobre tudo que nos levou até este ponto. Lembrar um pouco do que já passamos pode nos ajudar a direcionar nossas perspectivas com relação à nova fase que está começando.

Passar por um ano difícil não é exclusividade de poucas famílias. Seja qual for o motivo, as adversidades acompanham a vida de muita gente, e não é uma tarefa muito fácil abraçar a positividade quando estamos passando por tantas adversidades.

Com bastante suor conseguimos chegar até aqui. Nossas lutas nos tornam humanos mais fortes, e cultivar a gratidão por todas as situações que nos proporcionam isso é um dos maiores desafios que podemos enfrentar.

Por isso, o fim do ano é sempre um bom momento para pensarmos um pouco sobre a vida, lembrar das maravilhas que temos a agradecer e também de tudo aquilo que nunca mais voltaremos a fazer.

É hora de repensar as nossas atitudes, o modo como vivemos e mudar aquilo que precisa ser mudado. O tempo é o que de mais valioso temos, e é preciso aproveitá-lo. O tempo é a nossa vida.

A vida é bela e mesmo com contratempos sempre será, porque o simples fato de estarmos vivos nos dá oportunidade de mudarmos tudo aquilo que não gostamos.

Aproveite cada momento para fazer aquilo que acredita e aquilo que te move em direção ao seu melhoramento, para si mesmo e para aqueles a seu redor.

Nós, Equipe do Centro de Convivência, agradecemos a confiança depositada no nosso trabalho e todos os ensinamentos e aprendizados proporcionados!

Que o ano de 2022 seja próspero, repleto de oportunidades e realizações a todos vocês!

Vitor Ferreira – Psicólogo – Educandário Eurípedes

Pra ficar Fortinho…

Salve Galeraa!

Cá estou para mais uma atividade do blog, trazendo hoje uma proposta de exercícios que irão trabalhar alguns músculos dos nossos braços.

Para realizar a atividade vamos precisar daquele elástico verde ou amarelo que vocês receberam nos kits pedagógicos okay!?

Então, se preparem e bora movimentar um pouco esse corpo!

CLIQUE NO VÍDEO OU AQUI!

Nome do evento: Atividade Virtual 34 CCII – Pra ficar Fortinho… Responsáveis: Ozieliton Santos / Equipe CCII – Educandário Eurípedes

Construindo uma guirlanda com material reciclável

Olá, Pessoal! Vamos a nossa atividade do blog?

Estamos chegando ao fim de 2021 e junto dele temos muitas comemorações, sendo uma delas o Natal, época em que as pessoas enfeitam suas casas e deixam ela toda cheia de luz. Pensando na possibilidade de fazer isso sem gastar muito ou nada, hoje vamos aprender a fazer uma guirlanda de material reciclável e criatividade para colocarmos em nossa casa.

Então separa o material necessário e depois acompanhe o vídeo para fazer nosso enfeite!

Materiais:

  • Embalagem de ovos (bandejas)
  • Papelão (para cortar um círculo)
  • Fita crepe ou papel crepom verde
  • Pistola de cola quente ou cola branca
  • Tinta
  • Bugigangas, flores, fitas para decorar (se você quiser pendurar uma coroa de flores)
  • Glitter, purpurina e tudo que você acha bonito
  • Tesoura, faca afiada

Separou os materiais? Então, vamos assistir o vídeo e preparar nosso enfeite natalino!

https://www.youtube.com/watch?v=9Vrg9LEsgQo

Não esquece de tirar uma foto e mandar no WhatsApp do Educandário!

Esperamos que todos estejam bem e consigam incendiar o coração e a casa de paz, amor e muitas coisas boas neste final de ano!

Até a próxima!

Atividade Virtual 33 CCII – Responsáveis: Adrielli Melges / Equipe CCII – Educandário Eurípedes

Novembro azul: mês mundial de combate ao câncer de próstata

Bom dia, boa tarde, boa noite! Espero que todos estejam bem!

Vamos a nossa atividade do blog?

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, e a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas.  No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

O que é a próstata?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

Sintomas:

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são:

  • dor óssea;
  • dores ao urinar;
  • vontade de urinar com frequência;
  • presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Fatores de risco:

  • histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
  • raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
  • obesidade.

Prevenção e tratamento:

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como estado de saúde atual, estadiamento da doença e expectativa de vida. Em casos de tumores de baixa agressividade há a opção da vigilância ativa, na qual periodicamente se faz um monitoramento da evolução da doença intervindo se houver progressão da mesma.

Conheça 5 principais cuidados com a saúde masculina

  1. Visitar o médico urologista e andrologista anualmente;
  2. Homens, geralmente acima de 50 anos, devem realizar o exame de PSA ou exame de toque retal anualmente;
  3. Usar preservativo durante as relações sexuais e saber identificar os sintomas de alteração na próstata;
  4. Cuidar da sua higiene íntima diariamente;
  5. Manter hábitos de vida saudáveis, como alimentação equilibrada e prática de exercícios físicos.

Agora que você já entendeu o que significa Novembro Azul, que tal tirar um tempinho para cuidar de você mesmo?
Se cuidem e tenham uma ótima semana!

Nome do evento: Atividade Virtual 32 CCII – Responsáveis: Adrielli Melges / Equipe CCII – Educandário Eurípedes

Conhecer o passado, potencializar o futuro

Como todos devem saber, no mês de novembro temos o Dia da Consciência Negra, que acontece no dia 20. Não são recentes as discussões raciais no nosso país, preconceito, discriminação, resultados práticos de marcas tão violentas como o genocídio da população negra.

Apesar de todos os esforços e pequenos passos para transformar essa realidade, ainda é necessário muito a se fazer. Para alavancar essa reflexão apresentamos algumas sugestões que nos fazem compreender um pouco mais a história de muito sangue do nosso país: conhecer o passado para potencializar o futuro!

O BRASIL DEPOIS DA ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA:

Outra indicação, de acesso no Netflix, é série documental “Guerras do Brasil”. CLIQUE AQUI!

Vamos continuar nossa reflexão!

Atividade Virtual 31 CCII –  Responsáveis: Ozieliton Santos  / CCII Educandário Eurípedes.

Trampo Social! Conclusão Turma 2

No dia 11/11/2021 celebramos a conclusão da Turma 2 do Projeto Trampo Social que aconteceu neste segundo semestre de 2021. Foram 44 inscritos nesta turma, sendo que 15 adolescentes/jovens concluíram sua participação no Projeto Trampo Social com habilidades adquiridas para a atuação como futuros educadores sociais.

O Projeto Trampo Social, parceria entre Associação de Educação do Homem de Amanhã (AEDHA – Guardinha Campinas), Fundação FEAC e CEAK Educandário Eurípedes tem por objetivo proporcionar processo de formação que forneça aos adolescentes e jovens participantes repertório e experiências práticas para atuação como educadores sociais e referências positivas para outros adolescentes e jovens.

Mesmo com todos os desafios da atividade na modalidade virtual, o desenvolvimento do Projeto potencializou as habilidades dos participantes e apresentou alternativas para a atuação enquanto profissional da educação social, bem como, em outras áreas. Esse resultado está nos relatos de alguns dos participantes:

Gabriela Melo Araújo:

“Com base no que já tinha vivido em 2019, decidi, agora com outros olhos e com outro tipo de presença, retornar ao Trampo Social, expandir ainda mais o meu repertório e compreender o papel do Educador social diante de uma pandemia mundial. Pandemia essa que me trouxe a sensação que nunca iria estar pronta, meus planos para o futuro congelados o tempo acelerado, começo a enxergar minha vida através de outro prisma, colocando a prova minha segurança como educadora. Me tornei ao longo desse processo disposta a entender melhor essa realidade, pois já acreditava que o papel do educador está além do compromisso, ele está na necessidade de trabalhar questões de vida, a autoestima, os projetos pessoais, garantia de direitos, enfim, está nas “subjetividades”. Saio mais segura de mim, conseguindo enxergar minhas potencialidades, entendendo o meu comportamento sempre em um nível mais reflexivo e empático. Saio entendendo que, enquanto não se adquire a confiança, não existe abertura de coração e sem ela, não há educação. Só se educa, amando.”

Maria Emily Moreira Julio

“Eu entrei no trampo social com uma insegurança, com medo de não ser aquilo que eu imaginava a indicação foi de uma assistente social da instituição Seta, foi a melhor coisa eu ter entrado nesse curso. Eu me tornei uma pessoa mais leve de mente aberta para ouvir mais do que falar, aprendi a valorizar as qualidades das outras pessoas, essa jornada me fez prestar mais atenção no que dizer, há momento certo para se expressar e perceber que cada pessoa tem seu ritmo o seu jeito e a sua forma de enxergar o mundo. Estou saindo do trampo social com uma experiência incrível e inesquecível, como tudo na vida vem do acreditar acreditei que este momento chegaria, o caminho por muitas vezes se tornou difícil e eu desisti e depois persisti, e sem sombra de dúvidas que foi uma experiência incrível, eu quero agradecer todos vocês que tornaram esse ambiente muito mais leve e agradável.”

Outro resultado é o Projeto Plantio da Ora – Tá na hora de mudar (CLIQUE AQUI) elaborado por alguns dos integrantes do Projeto Trampo Social como parte do processo de desenvolvimento e participação nas atividades.

Agradecemos a todos pelo apoio e por todo o aprendizado que vivenciamos juntos! Parabéns aos adolescentes e jovens por mais essa conquista!

Quer conhecer mais sobre o Projeto Trampo Social? Acesse https://www.feac.org.br/tramposocial/

Nome do Evento: “Trampo Social! Conclusão Turma 2” – Responsável: Luiz Mendes, Alzira Praxedes e Samanta Braga

Vocabulário Hip Hop!

Na Atividade Virtual 24 do Blog CEAK EE vimos um pouco do Hip Hop enquanto cultura urbana e seus elementos que estão para além da dança.

Hoje deixaremos algumas recomendações de vídeos que trazem passos sociais que constituem boa parte da expressão dançada. Como a dança começou a ser fomentada num espaço de vivências e trocas, social e festiva, muitos passos foram gerados e são celebrados até hoje, inclusive muitas movimentações “atuais” que são disseminadas em vários meios de comunicação como o “Tik Tok” vem influenciadas pela dança Hip Hop e suas primeiras movimentações.

Bora conhecer alguns dos primeiros passos desse vocabulário?

Hip Hop Old School Dictionary
Hip Hop Middle School Dictionary

Atividade virtual 30 CCII – Vocabulário Hip Hop! – Responsáveis: Ozieliton Santos / CCII Educandário Eurípedes.